Canhão de Gauss (Rifle feito com ímãs) Por: Ael-coltec - Alexandre - Eduardo - Luiz

Este é um experimento bastante simples. Trata-se de um acelerador magnético linear capaz de lançar um projétil. Ele é composto de um conjunto de ímãs e esferas de ferro capazes de transferirem energia cinética de uns para os outros.

Comente o que vc achou do experimento...

Materiais Necessários

  • 1 trilho de material não-ferromagnético (madeira
  • alguns ímãs de neodímio (dependendo da velocida
  • algumas esferas de material ferromagnético (prefe
  • OBS: recomenda-se haver 3 esferas por ímã, além

Fase 1 - Prepare o trilho

O primeiro passo consiste na preparação do trilho em que o projétil vai deslizar ao ser disparado. Tente sempre usar um trilho com o menor coeficiente de atrito possível. O trilho deve, também, ser de tamanho apropriado as esferas.

Se necessário, faça rasgo onde os ímãs serão posicionados.

Fase 2 - Posicione os ímãs

Os ímãs devem ficar o mais firmes possível, para poderem transferir o máximo de energia. Se necessário, faça rasgos no trilho para firmá-los, ou use fita a desiva.

Também é importante que os ímãs estejam posicionados a distâncias equivalentes entre si. Caso eles não tenham a mesma intensidade, talvez seja interessante escalar as distâncias de acordo.

 

Fase 3 - Coloque as esferas e dispare

Posicionar as esferas talvez seja a parte mais difícil.

Comece posicionando as bolinhas do início e deixe as que ficarão no final por último, desta forma evita-se de que hajam disparos indesejáveis e que possam causar algum acidente.

Fase 4 - Explicações

Quando a esfera de disparo entra no campo magnético do primeiro ímã ela é acelerada pelo campo magnético e, ao atingir o ímã, ela transfere o ímã para a próxima esfera, que vai em direção ao 2º ímã. Ao chegar no campo deste ímã, ela é acelerada. Este ciclo vai se repetindo até que a última esfera é disparada com uma velocidade muito maior do que a primeira disparada. Pode-se colocar quantos ímãs quiser, mas deve haver a preocupação pois quanto maior a velocidade do projétil, maior será o seu "poder de destruição", e assim os últimos ímãs podem ser destruidos. BOM DIVERTIMENTO!

Fase 5 -

www.youtube.com

Fase 6 - Acidentes com ímãs de Neodímio

Tome cuidado pois um ímã de Neodímio pouco maior do que uma moeda de 25 centavos pode suportar cerca de 10 quilos. Maiores que este podem quebrar ossos. Este site mostra um acidente grave: www.magnetnerd.com/Neodymium.

Neste acidente, dois ímãs um pouquinho maiores sendo um, que suportava uns 320 quilos e um outro (pouco menor do que uma caneta), que suportava uns 180 quilos. O que acha que poderia acontecer graças à um descuido??? Pois é. Esse coitado aqui descobriu o que acontece. E detalhe: os ímãs estavam afastados cerca de 50 cm um do outro quando se atraíram. Veja as fotos.

Fonte: saberebomdemais.com

O vídeo mostra o que estes ímãs fazem com ossos de galinha.

Comentários - 6 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.

Lucas Rodrigues Nunes em 11/02/2013 16:43:18

da para ser com aqueles imas de caixa de som?

Gabriel Pao em 25/01/2013 15:27:12

onde voce conseguiu as esferas de ferro?

Serge Campos em 20/01/2013 22:23:18

Um canhão deste eletro-magnético??? kkkk...tá querendo matar quem??? kkk

Murylo Cordeiro em 13/11/2012 09:10:45

eu estatva pensando em fazer um canhão de gauss SEMI-AUTOMÀTICO. ja tenho u mecanismo de funcionamento na cabeça. mas para isso precisaria utilizar eletroimãs ao invez dos de tradicionais imãs de neodimeo. gostaria de saber se existem desvantagens ou inpedimetos que inviabilizem a utilização de eletroimãs nesse experimento?

Dimas Mascarello em 03/12/2011 14:58:27

Eu fiz um pequeno canhão de gauss aqui :)

Assistam e se gostarem espalhem para os amigos, se precisarem de ajuda para fazer um, pode entrar em contato que eu ajudo sem problemas

abraço

http://www.youtube.com/watch?v=q5J40UeQMVo

Romulo Henrique em 28/02/2011 15:11:46

Para quem precisar de imãs de neodimio acesse minha pagina para poder entrar em contato comigo,trabalho com qualquer tamanho e medida.

At,

Romulo Henrique

Victor Sobrinho em 01/01/2011 13:35:06

Parabéns,o efeito do seu experimento foi demais!

Cara, mas eu queria saber onde eu posso encontrar esses imãs, eu já fiz esse canhão com imã de HD,que também é neodimio, mas o efeito não fica tão bom assim!

Você comprou pela internet? Se sim me diz o site!

Marcos Carvalho em 20/11/2010 01:00:31

como posso aumentar a potencia do rifle ? tenho q apresentar um projeto de fisica semana q vem....quero q seja um estouro kkkk

Michele Moreira em 12/08/2010 18:12:32

Ótimo

Joao Victtor em 23/07/2010 22:14:22

Onde acho esses ímãs em forma de bolinha?

Lucas F em 24/07/2009 12:39:03

Muito Legal, Ja to criando o meu :)

Pedro Silva em 03/07/2009 12:27:22

lokinho

Leandro Santos em 15/12/2008 13:27:07

Sensacional!

Colocarei ele para quebrar um vidro feito de açúcar que encontrei em outro site, estou apressado, e outro momento vejo que se ja n tem aqui e posto...

Daniel Keterer em 11/12/2008 18:06:20

Cara, espetacular! sem mais palavras! Parabens pela ideia!

Pedro Célio em 06/12/2008 09:15:34

Muito bom esse experimento!

Frequentador - Nitrato em 04/12/2008 01:51:41

Outros:

http://www.youtube.com/watch?v=nHMttdhEhWM

Frequentador - Nitrato em 04/12/2008 01:34:43

Muito bom experimento. Está na minha lista a construção de um acelerador magnético de projéteis de um estágio que usa praticamente o mesmo princípio (de gauss); mas ao invés da aceleração causada por campo magnético de ímãs, o que quero usar é um causado por um muito intenso e momentâneo campo magnético produzido por um solenóide, que atrai o projétil ferromagnético para dentro de si quase que instanteamente e que por possuir duração muito rápida, impede que o campo magnético atraia o projétil novamente após este ter passado pelo solenóide (o que causaria desaceleração ou mesmo a parada e o retorno do projétil), dando assim, forte aceleração.

O "truque" para isto é se ter algo que descarregue uma quantidade de energia absurda no solenóide de uma só vez; um banco de capacitores de alta tensão bem potentes é o que é mais usado, pois eles descarregam quase toda sua energia armazenada no solenoide, quase que de imediato; as desvantagens são que estes capacitores (usualmente eletrolíticos), costumam ser muito caros e não são seguros de se usar, especialmente para iniciantes. Capacitores que armazenam mais de 10 joules podem ser potencialmente letais ; e nos projetos mais simples para boa performance costumam utilizar mais de 40 joules.. Alguns projetos amadores usam MILHARES de joules. Um erro com estes bancos fatalmente em 99% será o ultimo..

Um exemplo de coilgun das boas: http://www.youtube.com/watch?v=m86gK-EOEsQ

Oficina Pontociência em 03/12/2008 09:41:26

incrível !!!

Jéssica Kênia em 02/12/2008 21:44:24

Muito bom

Luiza Sena de Miranda em 29/11/2008 19:35:07

chocante!

Laura Xavier em 27/11/2008 14:44:10

Gostei demais!!!!!

Leandro Fantini em 27/11/2008 14:12:49

Pessoal, essa é ótima. Gostei muito.