Pílulas de Ciência: pulseiras de luz Por: Alfredo Mateus

Neste vídeo explicamos o funcionamento de uma pulseira que emite luz, através de uma reação química. A duração desta luz depende da velocidade da reação, e esta depende da temperatura. Veja o que acontece quando colocamos a pulseira na geladeira ou em um microondas.

As Pílulas de Ciência foram produzidas por professores da UFMG com apoio da FAPEMIG.

Materiais Necessários

  • pulseiras de luz ("neon")
  • água gelada ou geladeira
  • água quente ou microondas

Fase 1 - Assista ao vídeo

Assista ao vídeo abaixo e planeje como utilizá-lo em sua aula. Mostre o vídeo aos seus alunos utilizando um projetor multimídia, ou peça a eles para acessarem o vídeo em uma aula no laboratório de informática. A idéia das Pílulas de Ciência é que elas sirvam para estimular a discussão em sala de aula ao redor do tema.

 

Fase 2 - O que acontece

 A reação química que ocorre nas pulseiras emite uma luz fria, quase sem liberar calor. É o mesmo tipo de reação que ocorre no interior de um vagalume e outros animais. Os reagentes ficam separados em dois tubos, um dentro do outro. Um dos tubos se quebra ao entortarmos a pulseira e os reagentes se misturam, dando início à reação. 

A velocidade desta reação depende da temperatura. Quando abaixamos a temperatura, por exemplo colocando a pulseira na geladeira, a velocidade diminui e a duração da luz aumenta. Isto faz com que a intensidade da luz dimiua bastante. 

Por outro lado se colocamos a pulseira no microondas (CUIDADO: não coloque por mais do que alguns segundos, pois o tubo pode se romper!), a temperatura aumenta e observamos uma emissão de luz muito mais intensa (mas que irá durar pouco tempo, pois os reagentes serão consumidos mais rapidamente). 

Então não existe luz de graça: se quiser que dure mais, ela será mais fraca; luz intensa, só por pouco tempo.

Fase 3 - Veja também

 Lúmen - outro experimento com bastões de luz

Sabre de Luz - misturando as cores com pulseiras quimioluminescentes

Reações quimioluminescentes - O segredo das pulseirinhas de festa - explica o que ocorre na reação química das pulsieras  

 

Comentários - 0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.